Agricultora de Rio Branco denuncia catástrofe provocada pelo discurso de Bolsonaro

Queimadas na Amazônia

Publicado originalmente na Rede Brasil Atual:

Se havia alguma dúvida de que o discurso do presidente Jair Bolsonaro e seu ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, contra as licenças ambientais e a fiscalização pudesse estar por trás do crescimento das queimadas da Amazônia, agora não há mais.

Testemunho de uma agricultora da região de Rio Branco que circula pelas redes sociais na manhã deste sábado (24) comprova os efeitos do discurso suicida do governo.

A agricultora Jesuína Braga, produtora orgânica há 25 anos, e que portanto não usa as queimadas em seu método de produção, afirma quais são os combustíveis dessas ocorrências criminosas em sua região: “O pessoal diz que agora não tem mais multa, não existe multa para quem queima, quem derruba, então aqui aconteceu isso, o pessoal ficou incentivado e arrochou foi fogo mesmo. Não quiseram nem saber se vai prejudicar o vizinho ou não”.

Jesuína mora a 22 quilômetros de Rio Branco. Disse que perdeu tudo com as queimadas. Confira o vídeo:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!