Ala do PSDB ligada a Geraldo quer Lu Alckmin como vice de Bruno Covas na disputa pela prefeitura de SP. Por José Cássio

Lu tem boa lida com a mulherada nos bairros (Imagem: reprodução)

A doença de Bruno Covas – trata de um câncer – está mobilizando tucanos sobre a reeleição do prefeito no ano que vem.

Nesta segunda, 2, o ex-governador e ex-candidato do partido à presidência, Geraldo Alckmin, participou de reunião do diretório municipal, quando foram debatidas estratégias e possíveis alianças.

O plano A de Alckmin e membros do municipal é lançar chapa pura, com Bruno e mais alguém do partido. O nome que saiu do encontro é uma novidade: Lu Alckmin, mulher do ex-governador.

Tucanos alegam que a chapa Bruno e Lu teria um apelo eleitoral interessante, com o prefeito vindo de recuperação de uma doença difícil e Lu no papel da senhorinha sofrida que conhece a dor da perda de um filho.

Alckmin ouviu atentamente as argumentações, mas não disse sim nem não, apenas sorriu.

A preocupação maior do tucanos é João Doria.

O governador, que na semana passada lançou o nome de Joice Hasselmann para vice de Bruno, na verdade quer outra coisa: sua ideia é indicar o vereador Milton Leite, ex-presidente da Câmara de Vereadores como vice.

Milton Leite é do DEM e é isso que interessa para o gestor neste momento: amarrar o partido de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, e de ACM Neto, prefeito de Salvador, para uma composição com o seu nome em 2022, quando pretende concorrer à presidência da República.

Alckmin e Doria vivem em lados opostos dentro do PSDB. O gestor tem a força do governo do Estado, e o ex-governador a simpatia da militância.

Neste cenário, Lu Alckmin pode ser o elemento surpresa, dizem tucanos.

Apesar de nunca ter se candidatado, a ex-primeira dama tem bom trânsito nas comunidades. Ela gosta e sabe lidar com a mulherada nos bairros. Milton Leite também é bastante popular, com bom trânsito nos bairros da região Sul.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!