Ala do PSOL lança manifesto por candidatura de Glauber Braga à Presidência em 2022

Glauber Braga

Um grupo composto pela maioria dos deputados federais e por sete integrantes da executiva nacional do PSOL vai divulgar, nesta segunda-feira (10), um manifesto em defesa de uma candidatura própria do partido à presidência da República no ano que vem.

Seis dos 10 deputados federais apoiam o também deputado federal Glauber Braga para encabeçar a chapa. 14 membros da direção nacional do partido assinam o documento.

“Uma ala do PSOL lançará meu nome como pré-candidato à Presidência da República. O documento pela candidatura própria tem sete nomes da executiva nacional e 14 da direção nacional, incluindo o de Luiza Erundina”, declarou Glauber ao DCM.

O parlamentar também se manifestou nas redes sociais: “É possível defender unidade na esquerda contra Bolsonaro e ao mesmo tempo ser pré-candidato a presidente do Brasil pelo PSOL apresentando o programa da esquerda radical de forma não sectária? SIM! Muito obrigado às correntes e militantes que me incentivaram para essa tarefa. Topo!”, diz ele em publicação no Twitter.

O presidente da legenda, Juliano Medeiros, não assina o manifesto e se mostra contrário à candidatura. Para ele, a “discussão eleitoral não é prioridade no momento”.

“O que o diretório nacional aprovou em conjunto é que todas as diretorias do PSOL estão voltadas para o auxílio emergencial, vacina e impeachment do Bolsonaro. Movimentos como esse, do manifesto, não criam nenhum inconveniente, mas não são a prioridade da direção partidária neste momento”, disse ele ao jornal O Globo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!