Além do STF, Bolsonaro também indicará dois ministros para STJ

Napoleão Nunes Maia Filho e Felix Fischer. Foto: Reprodução/Migalhas

Publicado originalmente no site Migalhas

O presidente Jair Bolsonaro terá a chance de nomear, além das duas vagas no STF, outras duas cadeiras no STJ.

No Tribunal da Cidadania, o ministro Napoleão Nunes Maia Filho será pego pela compulsória ainda em 2020, no dia 30 de dezembro, quando faz 75 anos.

Já em 2022, será a vez do ministro Felix Fischer (relator da Lava Jato), que atinge a idade da aposentadoria compulsória em 30 de agosto.

A primeira vaga será aberta com a aposentadoria do ministro Napoleão.

ENTENDA O CASO – “Razões estritas de ordem médica”, diz Celso de Mello sobre aposentadoria antecipada

Augusto Aras, André Mendonça e Jorge Oliveira são cotados para vaga do ministro Celso de Mello no STF

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!