Aliado de Bolsonaro, líder de caminhoneiros convoca paralisação nacional por impeachment dos ministros do STF

Circula na internet um áudio do líder dos caminhoneiros Ramiro divulgando uma paralisação da categoria em 7 de setembro.

Ramiro Alves Da Rocha Cruz Junior é deputado federal pelo PSL e tem 45 anos.

Ele exige que os pedidos de impeachment dos ministros do STF sejam votados no Congresso porque “tá na hora de a gente se mexer”.

“Ou a gente dá um basta nesses caras ou esses caras vão provocar a ruína desse país e a gente vai virar uma Venezuela mais rápido do que se imagina”, diz ele.

“Já que o presidente não pode fazer nada, a gente vai com a faca nos dentes, vamos com força pra cima desse cenário do STF. Estão num conluio criminoso pra se protegerem e perpetuarem a corrupção”, declara.

Ramiro faz chantagem.

“O pessoal da rodagem que está sendo a banda do Titanic, está mantendo a sociedade abastecida. Mas vamos agora pra cima, vamos combinar de todo mundo trancar tudo, parar tudo, de 8 de setembro em diante”, afirma.

“Presidente, faça ou nós faremos. Acabou, porra”.

Temos, portanto, um parlamentar articulando um levante popular com o objetivo de derrubar um poder da República.

Até quando isso será tolerado?

Bolsonaro e Ramiro dos Caminhoneiros

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!