Âncora da Band se manifesta após comentário polêmico sobre João de Deus contra jornalista da Globo

Fábio Pannunzio e João de Deus. Foto: Reprodução

A Veja São Paulo informa que âncora do Jornal da Noite, da Band, Fábio Pannunzio, provocou polêmica nas redes sociais ao comentar uma reportagem sobre o médium João de Deus, denunciado por mais de 500 mulheres que afirmam terem sido abusadas durante tratamentos espirituais. Depois de duvidar das denúncias (“Você acha crível mesmo que esse homem molestou 500 mulheres? Aos 76 anos de idade”, ele disse), ele foi duramente criticado por Leilane Neubarth, da Globo.

Na edição de quarta (18), o jornalista voltou a se manifestar sobre o caso. “Eu disse ontem que duvidava que mais de 500 mulheres já tivessem denunciado o médium João de Deus, ressalvando que em nenhum momento eu quis defender o comportamento degenerado deste senhor”, disse.

E continuou: “Mas eu trago aqui um dado da força tarefa que é responsável pelas investigações. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público e da polícia de Goiás, os 506 contatos recebidos agora não são propriamente denúncias. Eles se tratam de outras questões. E não se sabe exatamente ainda o número de vítimas que se apresentou às autoridades. Até agora seriam 45 em Goías e mais 40 em São Paulo. Olha, ainda que fossem uma, duas ou três, essas denúncias são gravíssimas e o comportamento dele é abominável. Mas arbitrar um número exagerado, principalmente questionável, não vai aumentar o tamanho da pena nem do escândalo, muito menos entender como agia este falso guru João de Deus”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!