Antonia Fontenelle, atriz que é bolsonarista, se irrita com gays e dispara: “viadinhos violentos”

Antonia Fontenelle e Bolsonaro (Foto: Reprodução/Instagram)

Rodrigo Soares no UOL informa que um comentário que Antonia Fontenelle deixou no vídeo em que Lulu Santos é pedido em casamento acabou em uma grande confusão. Logo após escrever “que bonitinho”, a atriz e youtuber afirma que foi criticada por uma parcela dos internautas.

“Eu comentei em vídeo que o Hugo Gloss postou a respeito do namorado do Lulu, que pediu o Lulu em casamento. E eu achei muito bonitinho o jeitinho carinhoso dele. E eu comentei ‘ai que bonitinho’, do fundo do meu coração. Aí eu comecei a ver agora um monte de marcação de um monte de gayzinho, viadinhos mau caráter agressivos, violentos, me achincalhando porque eu sei ‘bonitinho’. Acham que eu deveria ter falado outra coisa ou ter feito um texto gigante a respeito do que eu vi.”, conta ela em vídeo compartilhado com seguidores.

“Eu queria dizer uma coisa pra você: vocês querem respeito, então tem que respeitar também. Vocês tão pensando o quê? Que eu vou me render à ditadura de vocês? Que agora tem que rezar a cartilha de vocês? Tem que falar tudo do jeitinho que vocês querem? Vocês vão pra casa do caralho! Vocês me respeitem, pois o buraco aqui é mais embaixo”, disparou ela.

Antonia ainda citou o caso de outros artistas, como Nego do Borel, que se retratou depois de postar comentários transfóbicos numa rede social.

“Não me chamo Nego do Borel, não me chamou Ludmilla, não me chamo Anitta. Não me chamo pessoas que dependem de vocês, da ditadura de merda de vocês pra viver, tá? Me respeitem, hein? Querem respeito vão ter que respeitar. O que é isso? Os valores estão todos invertidos agora? As coisas têm que ser do jeito que vocês querem? Tem que bater continência pra vocês agora? Tem que passar e baixar a cabeça?”, questionou.

Nos comentários, os fãs não gostaram nada dos termos usados por ela. “Pelo visto a senhora só estava esperando uma chance pra destilar seu ódio. Cedo ou tarde as máscaras caem, né?”, falou um.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!