Após 36 anos na televisão, repórter que estava subaproveitado pede demissão da Globo

O repórter André Luiz Azevedo, que pediu demissão após 36 anos contratado pela Globo. Foto: Divulgação/Globo

O site Notícias da TV informa que o jornalista André Luiz Azevedo pediu demissão da Globo nesta semana. Após trabalhar na emissora durante 36 anos, ele tinha alto salário e estava sendo subaproveitado desde que voltou de Portugal, onde foi correspondente até 2015. Azevedo foi um dos profissionais mais ativos da Globo, consagrado como repórter e editor.

O jornalista de 68 anos foi contratado pela Globo em 1982, após ter trabalhado como repórter em jornal impresso e locutor de rádio. Na TV, entrou como repórter local no Rio de Janeiro e logo se tornou editor do RJTV.

Participou de coberturas importantes, como das Diretas Já (1985), do escândalo da Previdência Social (1991) e do assassinato de seu colega de emissora, o jornalista Tim Lopes (1950-2002).

Entre 1996 e 2002, Azevedo foi repórter do Fantástico, e em 2012 se tornou correspondente internacional, cargo que exerceu em Lisboa. No retorno ao Brasil, voltou para a editoria local no Rio, onde fez reportagens especiais e algumas pautas do cotidiano. Em outubro deste ano, foi mediador do debate entre candidatos a governador no Estado de Roraima.

O diretor-geral de Jornalismo da Globo, Ali Kamel, enviou um e-mail à equipe em que homenageou e agradeceu Azevedo pelos anos de televisão.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!