Após ameaçar Greenwald, Moro baixa portaria que autoriza a Polícia a descer o cassetete nos estudantes

O ainda ministro da Justiça não se intimida (Imagem: reprodução)

Depois da portaria 666, em que ameaça o jornalista americano Glenn Greenwald de deportação, Sergio Moro decidiu partir para cima dos estudantes.

Documento publicado nesta quinta no Diário Oficial da União autoriza a Força Nacional a reprimir os protestos de estudantes agendados para a terça-feira, (13).

Como nas vezes anteriores, a UNE chamou mobilizações em todo o país e promete ocupar a Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

A portaria 686 prevê que os agentes poderão agir “em caráter episódico e planejado, nos dias 7, 12 e 13 de agosto de 2019”, se forem convocados pelo ministério da Educação (MEC).

Abraham Weintraub vai ficar só de boa esperando o circo pegar fogo para dar a ordem que Moro espera (imagem: reprodução redes sociais)

A mobilização de 13 de agosto é a terceira realizada pelos estudantes em âmbito nacional contra os cortes no orçamento da Educação. É a primeira sob o comando do novo presidente da UNE: o goiano Iago Montalvão, de 26 anos, que estuda Economia na USP, em São Paulo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!