Após ataques, túmulo de Karl Marx será vigiado por câmeras de segurança

Publicado originalmente no RFI

As câmeras foram instaladas em duas árvores vizinhas ao monumento da tumba de Karl Marx no famoso cemitério de Highgate, segundo contou nesta quarta-feira (25) o jornal britânico The Guardian.

A medida pretende evitar novos ataques, como os que aconteceram no começo de 2019. Em janeiro, a placa de mármore de 1883, onde estão gravados o nome do filósofo e a mensagem de sua esposa, foi danificada com um martelo.

Em fevereiro, a placa foi novamente atacada e o túmulo inteiro foi pichado com letras vermelhas e inscrições como “arquiteto do genocídio” e “doutrina do ódio”.

Os ataques foram registrados na polícia, mas as investigações não foram para frente por falta de testemunhas e de outras evidências que tornassem possível encontrar os responsáveis.

Ponto turístico

O cemitério recebe todos os anos milhares de visitantes, que vão prestar sua homenagem a mortos célebres como Douglas Adams, autor de “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, a poetisa George Eliot e também o filósofo alemão.

O Friends of Highgate Cemetery Trust, fundação beneficente responsável pelo patrimônio de Highgate, disse ao jornal britânico que o túmulo de Marx é o primeiro no cemitério a ser vigiado por câmeras.

Antes de instalar as câmeras, foram consultados especialistas de segurança e o órgão responsável por supervisionar o patrimônio construído do país.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!