Após revelações da Vaza Jato, imagem de Dallagnol é excluída de evento de palestras em Curitiba

A imagem acima é de uma página em uma rede social do chamado “Meeting de Empreendedorismo de Curitiba”. Trata-se de um evento de palestras que deverá ocorrer na capital do Paraná em outubro deste ano. É uma espécie de encontro de autoajuda profissional, para quem quer ganhar bastante dinheiro e quer ser muito bem sucedido.

Como se nota na imagem acima, o procurador Deltan Dallagnol era é uma das presenças confirmadas. Quem quisesse assisti-lo falando sobre como se dar bem na vida corporativa, bastava pagar módicas parcelas em 12 vezes sem juros, não se esquecendo do “desconto corporativo” para as empresas que quisessem inscrever seus funcionários como parte de programas de treinamento.

O doutor Deltan Dallagnol em promoção de sua participação no Meeting de Empreendedorismo de Curitiba. Quem viu esse post, viu. Quem não viu, não vai ver mais.

Agora, já não se sabe mais se Dallagnol efetivamente irá palestrar no evento acima. Isso porque a empresa responsável, que mantém uma página no Facebook onde foram publicadas as imagens acima, retirou-as do ar. Logo após as revelações da Vaza Jato dos últimos dias, de que o procurador que trabalhava em subordinação ao juiz Sergio Moro tinha um plano para ficar rico dando palestras e fazendo uso da fama conquistada com a Operação Lavas Jato, os posts com o rosto sorridente de Dallagnol passaram a receber comentários nada abonadores sobre o procurador e o próprio evento de palestras.

Então, excluíram Dallagnol. Como se pode ver na imagem acima, ela tinha sido publicada no dia 17 de junho. Agora, quem entra na página do evento no Facebook nota que a postagem não existe mais. E, no lugar da imagem que está reproduzida no início desta reportagem, a que figura na página da internet é esta que segue abaixo.

Cadê o dr. Deltan Dallagnoll que estava aqui?

Não se sabe de Dallagnol ainda está incluído na programação da empresa de eventos, isso porque ninguém por lá atendeu as ligações do DCM até a publicação desta reportagem. Mas, uma coisa é certa, sua imagem foi tirada das peças de propaganda, porque estava mais atrapalhando do que ajudando, a julgar pelos comentários dos internautas.

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!