Apresentador de TV bolsonarista na Band inventa vídeo para tentar constranger prefeito do PT

O prefeito de Araraquara, Edinho Silva, que foi ministro das Comunicações de Dilma Rousseff, caiu numa arapuca ao participar do programa de Luís Ernesto Lacombe na Band.

Eram quatro participantes, todos antipetistas ferozes, como Alexandre Garcia.

Lacombe mostrou imagens de um vídeo em que uma mulher é conduzida à delegacia por desacatar guardas municipais que, cumprindo ordens e atendendo ao chamado de um morador, insistem para que ela deixe espaço público fechado por conta da pandemia.

Diante do desacato, a mulher foi conduzida à delegacia, algemada, por oferecer resistência. Tudo dentro da lei.

Diante das explicações do prefeito, Lacombe tomou partido dos extremistas e inventou que tinha visto vídeo em que Edinho Silva teria dito que prenderia todo cidadão que desrespeitasse a quarentena.

“Isso nunca aconteceu”, afirmou o prefeito.

Lacombe disse então que localizaria o vídeo e o mostraria. Não mostrou, porque era invenção.

O caso mobilizou Jair Bolsonaro. Um delegado da cidade disse ter recebido, no mesmo dia, telefonema de alguém se dizendo do Palácio do Planalto, para levantar informações sobre a prisão.

Apesar da arapuca, Edinho fez bem de participar do programa. Os progressistas e democratas do Brasil não devem deixar a extrema direita falar sem contestação. É perigoso para o Brasil.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!