Artistas e coletivos criam coleção de cartazes exclusivos para crowdfunding do documentário “O Povo Pode”

Desde o início de nossa campanha para finalizarmos o documentário O Povo Pode, um filme sobre o Brasil através da Caravana de Lula pelo Nordeste, contamos com seu apoio e de intelectuais, artistas, políticos, comunicadores e de tantos outros veículos parceiros que nos ajudaram a chegar até aqui.

Dessa vez tivemos a contribuição generosa de vários renomados artistas gráficos, designers e coletivos. Cada um deles criou um cartaz para o documentário formando uma linda e inestimável coleção. Uma interpretação livre de cada artista sobre o tema e que aumenta muito nossa responsabilidade na hora de criar o cartaz oficial do filme.

Estamos oferecendo, a partir de agora, para contribuições acima de 70 reais, um dos cartazes a sua escolha. Você receberá um arquivo PDF em alta definição da arte escolhida e poderá imprimi-la do tamanho que quiser (até o formato A2 – 594mm por 420mm) ou compartilha-la nas suas redes sociais.

Faça sua contribuição agora.

Escolha o cartaz de sua preferência nas imagens abaixo e clique. Você será direcionado para a página de contribuição correspondente.

Seu apoio é decisivo. Contribua agora.

Para ver as imagens ampliadas CLIQUE AQUI

Nossos agradecimentos aos autores:

  • Suzana Coroneos
  • Mila Gaudet
  • Isabela Stampanoni
  • André Araújo
  • Carvall
  • Ciclistas de Esquerda

Escolha o cartaz de sua preferência nas imagens abaixo e clique. Você será direcionado para a página de contribuição correspondente.

Seu apoio é decisivo. Contribua agora.

O projeto “O Povo Pode”, composto de uma websérie de 12 capítulos e um documentário, está sendo financiado por crowdfunding aqui no DCM.

Para assistir os capítulos da websérie, clique aqui.

O documentário “O Povo Pode” ainda precisa ser finalizado e, para isso,  contamos com você.

Quem são os artistas:

André Araújo é um artista brasileiro contemporâneo, que tem seu trabalho caracterizado pela incorporação do simbolismo, pelo uso de marcas agressivas e gestuais e pelo fascínio com os chamados out-siders.

Ao longo de sua prática, Araújo incorpora regularmente imagens punk e textos marginais.

Sua pesquisa vem das ruas, o que o artista busca em seu trabalho é essencialmente a expressão perseguindo a sensação que emana das coisas para construir seu imaginário pictórico.

André Araújo é cidadão do mundo que vive e trabalha em Belo Horizonte, MG.

O paulistano Fernando Carvall é formado em artes plásticas pela FAAP e pós graduado em Animação pelo SENAC.

Foi aluno do Ziraldo e caricaturista e ilustrador da Folha de São Paulo e do Jornal Valor Econômico.

Chargista dos portais noticiosos Nocaute, Ópera Mundi e Jornalistas Livres.

Professor das Faculdades de Design de Multimídia e Design Gráfico SENAC e do Instituto Europeo de Design – IED, professor de ilustração da Faculdade de Multimeios da PUC.

Dirige o Estúdio Saci onde realiza trabalhos de ilustração, caricatura, design gráfico e de multimídia.

Isabela Stampanoni vive atualmente em Recife, tem formação em Artes Visuais pela UFPE e Filmmaker pela Scuola Civica di Cinema e Televisione/Milão.

Desenvolve trabalhos em diferentes linguagens como desenho, pintura, fotografia, vídeo e direção de arte.

Mila Goudet é arquiteta, cenógrafa e professora universitária.

Fez mestrado em Psicologia Clínica e doutorado em Comunicação e Semiótica, mas sempre tendo em vista a cidade em suas manifestações culturais mais vibrantes.

Frequenta diversos ateliers, diversificando suas habilidades em diferentes técnicas expressivas, tais como aquarela, escultura, papel machê, bordado, desenho e gravura.

Suzana Coroneos é arquiteta e designer, formada pela FAU-USP, pós-graduada em Design e Humanidades pela USP e Design e Comunicação pelo SENAC.

Trabalhou na Folha de São Paulo e Editora Abril. Desde 2005 abriu o estúdio Casa do Cachorro.

Designer do Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo.

O Coletivo Ciclistas de Esquerda é um grupo heterogêneo de ciclistas, formado por membros do proletariado, que luta contra qualquer ameaça de retrocesso político, jurídico ou social.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!