As 5 melhores versões do Harlem Shake

O que 74 estudantes alcoolizados e 3 bombeiros ociosos têm em comum? Um vídeo desta nova dança.

Já vi muita moda nonsense pegar na internet. Exemplos? Lembro do planking, do owling — e agora vem o Harlem Shake. Tudo começou com um vídeo (assista acima) no YouTube de um grupo de amigos dançando a música do produtor americano Baauer. Até então, sem grandes novidades, certo? Errado. O que fez dele um sucesso foi a maneira que esses amigos estão dançando. O clipe de 30 segundos fez tanto sucesso que gente do mundo inteiro começou a publicar sua própria versão.

Todos seguem a mesma receita do original, misturada com a ideia do canal TSCS: um fica dançando a música de forma um pouco estranha, enquanto os outros na sala fingem que nada está acontecendo. Quando o break da música acontece, todos estão pulando de forma inusitada. O que eu acho mais interessante é a criatividade empregada nos vídeos; um é mais engraçado que o outro. É uma febre na internet e, para alguns, pode chegar ao patamar Gangnam Style. Isso não importa muito. Juntei alguns dos mais engraçados e criativos.

5# Escritório

#4 Rádio

3# Brasil

2# Faculdade

#1 Bombeiros

Leia mais: O incrível fenômeno do Harlem Shake

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!

Compartilhar
Artigo anteriorPor que amamos os anti-heróis?
Próximo artigoA verdade sobre o meteoro na Rússia
Avatar
Nosso applemaníaco Pedro Cohn assiste aos eventos de tecnologia como se fossem a final da Copa do Mundo. E diz que, se o Céu não for Wi-Fi, prefere ir para o inferno quando morrer.