As digitais da Globo estão no gatilho e o PSOL fará um bem se denunciar. Por Ricardo Cappelli

O Jornal do Golpe Nacional

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO FACEBOOK DO AUTOR

A Globo é de um cinismo impressionante. Patrocina o Golpe. Lidera os absurdos do Estado de Exceção. Alimenta o fascismo e seus patos amarelos. Agora, não satisfeita, tenta sequestrar a alma da vereadora carioca executada brutalmente.

Ideóloga dos absurdos sucessivos que tomaram o país, “sua digital está no gatilho da arma utilizada no assassinato”. Fato consumado, Bonner, no melhor estilo hollywoodiano, veste a roupa de defensor dos direitos humanos e tenta sequestrar a alma da executada. Um cinismo revoltante.

Quantas vezes Marielle foi vista na Globo? Quando sua luta teve espaço na emissora? A família Marinho agora é socialista e defensora dos direitos humanos?

Cuidado PSOL, nunca vi jabuti subir em árvore. Tem caroço neste angu. Qual o objetivo da emissora?

O mais provável é que a Globo, sabedora de nossas idiossincrasias, esteja apostando na ampliação da fragmentação. Sabe que o PSOL rejeita alianças. E sabe que sem alianças, isolados, estaremos fora do jogo.

O partido deveria dar uma resposta forte à emissora. Demarcar claramente. Se recusar a participar deste teatro cínico e nojento que estão patrocinando diante de um fato que tem sobretudo razões ideológicas.

O jogo é bruto. Acreditar que o diabo virou um carneirinho desinteressado e altruísta é fazer o jogo do inimigo. Seria muito bom denunciar ao mundo as digitais de todos que apertaram este inaceitável gatilho. A digital da Globo está entre elas. Não há dúvida.

.x.x.x.x.

Ricardo Capelli é representante do governo do Maranhão em Brasília.