As mais relevantes notícias midiáticas. Por José Eduardo Mendonça

Captura de Tela 2016-08-28 às 13.03.42

Pinterest lança anúncios em vídeo nos EUA e Inglaterra

O app foi na onda de Facebook e Twitter para faturar com a popularidade crescente de clips online.

O Pinterest desenvolveu um um produto, Promoted Video Pins, pago pelos anunciantes. No começo do ano a empresa o tinha lançado na Inglaterra para ajudar empresas a promover seus negócios, e afirma que ele segue uma enorme onda na quantidade de conteúdo de vídeo que os usuários do Pinterest salvam agora.

“Mais de 100 milhões de pessoas no mundo vêm ao Pinterest todo mês para descobrir ideias e uma das melhores ferramentas para realizá-las é o vídeo”, afirma a companhia em seu blog. “É por isso que o vídeo tem sido tão popular no Pinterest – houve um aumento de 60% deles armazenados apenas no ano passado”.

É uma medida que irá ser muito observada, uma vez que o Pinterest não é tradicionalmente conhecido como destinação de vídeos, caso de Facebook e Twitter.

Twitter enfrenta a questão de abusos no conteúdo

Recentemente o Twitter baniu um jornalista de extrema direita do Breitbart de suas páginas, mas mesmo assim não conseguiu evitar as críticas por ser lento em agir contra os trolls.

Agora o app lança duas novas ferramentas que permitem aos usuários limitar o número de notificações que enxergar.

Há duas mudanças. A primeira dela dá aos usuários a oportunidade de escolher um “filtro de qualidade” em suas preferências. A empresa não explicou como funciona, mas ele vem sendo testado desde o final do ano passado.

De acordo com ela, o filtro  pode melhorar a qualidade dos tweets aos bloquear contas que se comportam de certa maneira. O Twitter examina a origem da conta, comportamento, tweets automáticos, baixa qualidade de conteúdo e tweets duplicados.

A outra nova ferramenta permite que usuários vejam apenas notificações de pessoas que seguem, segundo a Campaign. Isto torna a experiência potencialmente mais fechada, e ainda é um alívio para quem recebe um volume alto de notificações.

YouTube abre estúdio para criadores de vídeo em Londres

O YouTube Space London é a primeira instalação de produção da empresa no país e a maior da Europa. O novo local dá a criadores acesso a suítes de edição e as tecnologias de vídeo mais avançadas, como VR. Também realizará workshops semanais e eventos que encorajem a comunidade YouTube a colaborar.

Segundo Ben McOwen Wilson, diretor da unidade, “o espaço pretende manter tecnologias atuais, dar acesso ao melhor que o dinheiro pode comprar em termos de equipamento de produção de vídeo, mas também dar acesso a espaço físico para muito mais gente”, cita o Recode.

Os criadores do YouTube com mais de 10 mil assinantes podem usar o espaço de graça. Há espaços adicionais da empresa em Los Angeles, Tóquio, Nova York, São Paulo, Berlim, Mumbai, Paris e Toronto.

Ações da Samsung atingem seu ponto mais alto

As ações da Samsung Electronics deram um salto este ano e na semana passada alcançaram seu ponto mais alto, com aumento de mais de 30%. Isto leva seu valor a perto de U$ 210 bilhões, menos da metade do que a Apple. Grande parte deste dinheiro vem de transmissores de informação em todo tipo de formato: smartphones.

A Samsung entrega mais smartphones por trimestre que qualquer outro fabricante, de acordo com a International Data Corp. No segundo trimestre deste ano, foram 77 milhões de unidades no mundo. A Apple entregou 40.4 milhões. Alta de 5.4% para a primeira, queda de quase 15% para a segunda.

No entanto, diz a comScore, no mercado americano a Apple ainda nada de braçada. Mais de 43% dos smartphones usados naquele mercado são da marca.  A Samsumg tem 29.2%, mas tem mostrado crescimento mais vigoroso.

Apesar de pequenos ganhos na parcela de usuários de smartphones nos EUA (assim como na Inglaterra), a Apple reportou queda na venda de iPhones. O iPhone 7 deverá ser lançado em breve, mas os analistas não confiam que compradores se motivarão a trocar de aparelho porque as melhoras são pequenas.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!