As percepções versus as realidades no sexo

Ilustração baseada no Kama Sutra
Ilustração baseada no Kama Sutra

Engraçado como no sexo as coisas são exatamente o que parecem ser.  Um artigo no site americano The Daily Beast compilou uma série de pesquisas sobre hábitos sexuais.  Vou adiantar algumas das principais conclusões para os debates:

a) Você acha que pessoas que bebem e fumam fazem mais sexo que as demais? Acha mesmo? Pois é exatamente isso. Bebida é afrodisíaco e cigarro, embora não seja, revela que a pessoa é mais propensa a correr riscos.  Quem fuma e bebe é 200% sexualmente mais ativo do quem não faz nenhuma das duas coisas.

b) Todo mundo é levado a crer que quem frequenta missas faz menos sexo que os ausentes. Pois uma pesquisa mostra que é isso mesmo. Carolas têm 31% menos sexo que os demais.  O sentimento religioso de culpa inibe o desejo.

c) Você pensa que negros são mais ativos que brancos? Hahaha. São mesmo. Um estudo mostra que ele fazem sexo com uma frequência 8% maior.

d) O pensamento convencional diz que artistas e poetas são mais abertos sexualmente. Pois então. Fique sabendo que são mesmo. Uma pesquisa mostrou que artistas e poeta têm 233% a mais de parceiros sexuais que os demais ao longo da vida.

e) Homens com 70 anos são mais ativos que as mulheres de 70. É a impressão que temos todos, não é? Pois bem. É a realidade. Os setentões, segundo um estudo, são 215% mais ativos sexualmente que as setentonas.  A menopausa faz as mulheres se sentir fisicamente feias, ao passo que os velhotes ainda acham que têm algum amor a dar.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!