ÁUDIO: “Capitã Cloroquina” diz que na Fiocruz tem “pênis na porta” e no CONEP “fazem cocô em crucifixo”

Capitã Cloroquina, antes de louvar o remédio, espalhava fake news sobre a Fiocruz. Foto: Reprodução

Em áudio antigo, Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina”, divulgou uma série de fake news sobre a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e sobre o CONEP (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa).

Mayra Pinheiro ganhou notoriedade na presidência do Sindicato dos Médicos do Ceará e por atacar o Mais Médicos.

Em 2019, em áudio, ela afirmou sobre a Fiocruz:

“Eles têm um pênis na porta da Fiocruz, todos os tapetes das portas são a figura do Che Guevara, as salas são figurinhas do ‘Lula livre’, ‘Marielle vive'”.

A atual secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde ainda afirmou que o órgão é dominado pela esquerda e, no caso de contestação, gera-se uma “guerra de destruição de reputação”.

Sobre o CONEP, a “Capitã Cloroquina” inventou:

“A gente paga pra 5 mil pessoas virem para Brasília, pra tirar a roupa, andar nu, fazer cocô em crucifixo”.

Mayra Pinheiro será ouvida nesta terça (25) na CPI da Covid.