Auditor da Receita preso em operação da PF era figurinha carimbada na Globo. Vai ter autocrítica?

Leônidas Quaresma na Globo

Na Operação Armadeira, deflagrada nesta quarta-feira, dia 2, com 14 mandados de prisão expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, alvos foram auditores-fiscais acusados de extorquir empresas em troca de redução de multas aplicadas.

Um auditor da Receita era suspeito de chefiar um esquema de extorsão contra investigados da própria força-tarefa. Foi preso junto com outros dois.

A PF ainda tentava deter outras 11 pessoas.

Marco Aurelio Canal, que tinha acesso a detalhes dos investigados, usava os dados para lhes tirar grana em troca de benefícios.

Uma indústria da propina derivada do lavajatismo.

Também foi em cana Leônidas Pereira Quaresma.

Quaresma era figurinha carimbada na Globo.

Apareceu inúmeras vezes comentando, principalmente, sobre imposto de renda, interagindo com aquelas apresentadoras da GloboNews que não têm a menor ideia do que estão falando.

Dava entrevistas, respondia aos questionamentos dos telespectadores, era da casa.

“Gênio! Sabe tudo!”, saúda-o uma jornalista. 

Leônidas fez palestras por todo o Brasil graças à fama que amealhou na TV. Uma delas foi na Marinha.

A emissora serviu, portanto, de testa de ferro para o sujeito abrir novos negócios. Involuntariamente, claro.

Vai rolar autocrítica dos Marinhos?

Claro que não. Isso é para os fracos.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!