Bandeira do Brasil rasgada na Praça dos Três Poderes é um símbolo deste tempo sombrio

Bandeira do Brasil na Praça dos Três Poderes: rasgada como o orgulho nacional. Foto: Lula Marques

Uma fotografia de Lula Marques, publicada hoje em sua rede social, define bem o governo Bolsonaro. “Governo que se diz patriotas, mas a verdade é essa ai. Bandeira Nacional na praça dos três poderes em Brasília”, escreveu.

A bandeira está rasgada, como o orgulho nacional depois que Bolsonaro passou a depreciar o povo brasileiro e a compará-lo com o de outros países.

Bolsonaro bate continência para bandeira dos Estados Unidos, um gesto de alto valor simbólico.

Sob sua administração, a moeda brasileira foi a que mais se desvalorizou no mundo.

Hoje, o brasileiro tem que desembolsar em torno de R$ 4,50 para comprar US$ 1, o maior valor da história.

Juntamente com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente brasileiro lidera um projeto de transferência do patrimônio público para a iniciativa privada, sobretudo o capital externo.

Da boca para fora, porém, o governo diz que o Brasil está acima de tudo, e Deus está acima de todos.

Conversa mole.

A realidade tremula na Praça dos Três Poderes, sem que ninguém do cerimonial do Planalto tenha atentado para seu estado precário.

É uma mensagem eloquente. Tão eloquente quanto um poema que Castro Alves escreveu em 1868, escandalizado com a escravidão e sua imagem mais cruel, o navio negreiro:

Auriverde pendão de minha terra,

Que a brisa do Brasil beija e balança,

Estandarte que a luz do sol encerra

E as promessas divinas da esperança…

Tu que, da liberdade após a guerra,

Foste hasteado dos heróis na lança

Antes te houvessem roto na batalha,

Que servires a um povo de mortalha!…”

O pendão em Brasília está roto, o país também.

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!