Batata: apresentadora da Record é demitida após dizer que voltaria a trabalhar na Globo

Patrícia Abreu ancorava o principal telejornal da Record em Salvador: demitida por comentário no Instagram. Foto: Reprodução/Record

Gabriel Souza e Gabriel Perline informam no Notícias da TV que a TV Itapoan, filial da Record em Salvador, demitiu a apresentadora do BA Record, seu principal noticiário local, na noite da última sexta-feira (31). Patrícia Abreu, que ficou apenas 13 meses na emissora, foi impedida de se despedir do público no ar. Ela teve seu vínculo rescindido após dizer a um fã em rede social que voltaria a trabalhar na Rede Bahia, afiliada da Globo.

Antes de ser contratada pela rede de Edir Macedo, em julho de 2017, a jornalista era apresentadora da edição baiana do Globo Esporte, função que ocupou durante 13 dos 16 anos em que esteve na emissora da família Magalhães.

O Globo Esporte foi o estopim para a rescisão do contrato de Patrícia Abreu. No dia 14, ela publicou uma foto no Instagram em que comemorava os 40 anos do esportivo global e disse “sentir saudades” do programa. Nos comentários da publicação, um fã a abordou dizendo que lhe “preferia no Globo Esporte”. Ela respondeu afirmando ter contrato com a Record, mas que “tudo pode acontecer”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!