Bispo que chamou covid-19 de “sinal de Deus” e fez campanha para Bolsonaro está intubado com a doença

Dom Henrique Soares da Costa

A Arquidiocese de Maceió divulgou, por meio de nota, que Dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE), apresentou agravamento no quadro de saúde.

Ele foi intubado na UTI do Hospital Memorial São José, no Recife.

Diagnosticado com o novo coronavírus, se encontrava dispneico e dessaturado, segundo boletim médico.

“Dom Henrique aceitou bem tranquilo, consciente e enfrenta com serenidade e uma profunda espiritualidade toda a situação. Continuemos em oração por nosso Pastor Diocesano”, diz o comunicado.

Num vídeo recente, Dom Henrique afirmou que a covid-19 é “sinal de Deus” e que “a ciência é sempre precária”.

Não se sabe se está usando cloroquina.

Em 2018, Costa fez campanha para Bolsonaro, sem citar diretamente o nome dele, mas repetindo a ladainha moralista do sujeito.

Defendeu que, no caso de um cristão, “este nunca deve votar em quem defende valores contrários à fé: aborto, dissolução da família, ideologia de gênero, educação sexual aberrante nas escolas, laicismo, etc”.

“A guerra contra o cristianismo é clara, pesada e metódica. Não dá para brincar com isso. Hoje, é nossa maior urgência.”

Segundo ele, se devia “prestar muita atenção no quesito corrupção”.

Também abriu guerra contra o Porta dos Fundos por causa do especial de Natal retratando Cristo como homossexual.

Acusou os humoristas de “neopaganismo” e pediu boicote à Netflix.

“Liberdade de expressão é desculpa quando alguém se esconde por trás deste conceito para agredir o que é sagrado, santo e precioso para os demais”, disse.

“Já conhecia o trabalho desse grupo; não é a primeira vez que fazem isto. Desta vez, foram longe demais!”, falou na ocasião.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!