Bolsonarista chama Benedita da Silva de ‘preta beiçuda e vagabunda’

A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) foi vítima de racismo nas redes sociais.

Julio Saraiva, que afirma ser “administrador com ênfase em gestão pública”, disse que a deputada é uma “preta ridícula, beiçuda, nariz de tomada, vagabunda” — entre outros insultos racistas.

O cidadão de bem também chamou os quilombolas de “preguiçosos e lerdos”, ao reclamar da decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que aprovou cotas do fundo eleitoral para candidaturas de negros.

O comentário de Júlio foi sobre um artigo do puxa-saco de Bolsonaro Augusto Nunes, colunista da Veja, da Jovem Pan e da Record.

O que torna o episódio ainda mais estapafúrdio é o fato de que Julio Saraiva, como se pode observar na foto abaixo, é um homem negro.

Júlio Marcos Saraiva.
Foto: Facebook

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!