Bolsonarista do Terça Livre que fez “dancinha” das mortes de covid-19 perde parente para o vírus e pede “orações”

Ítalo Lorenzon, do Terça Livre, debocha dos mortos de covid-19

Ítalo Lorenzon, um dos criadores do Terça Livre, “colega de bancada” de Allan dos Santos, ficou famoso fora das hostes bolsonaristas com um vídeo infame.

Lorenzon aparecia no estúdio do programa fazendo uma dancinha e debochando das mortes por coronavírus.

“Coronavírus, aí, centro de coronavírus”, dizia.

“Corona é o caralho”, rebatia Allan, investigado no STF, alvo da Polícia Federal por três vezes, em breve na prisão.

 

Na segunda-feira, Ítalo pediu “orações” após dar uma notícia.

“Tive hoje uma morte por COVID-19 na minha família (confirmado o diagnóstico). Por respeito a família, não comentarei nada sobre ele, seu perfil, etc. Me recuso a politizar seu falecimento”, escreveu nas redes.

“Deixo apenas claro que minha posição a respeito não mudou. Assim que passar o baque, volto a comentar a politização dessa doença que já é ruim o bastante (e já causa danos o bastante) sem a histeria para lhe piorar. Peço orações.”

As orações mais necessárias são para nos livrar de gente como Lorenzon e seus comparsas.

Tive hoje uma morte por COVID-19 na minha família (confirmado o diagnóstico). Por respeito a família, não comentarei…

Posted by Italo Lorenzon on Wednesday, June 17, 2020

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!