Bolsonarista Guilherme Fiuza tem contas suspensas no Twitter e Instagram

Atualizado em 4 de janeiro de 2023 às 10:20
O jornalista bolsonarista Guilherme Fiuza. Foto: Divulgação

O Twitter suspendeu a conta do jornalista bolsonarista Guilherme Fiuza, nesta quarta-feira (04). O perfil de Fiuza foi “retido no Brasil em resposta a uma demanda judicial”, diz a rede.

Já o Instagram informa que “esta página não está disponível”, assim como no Facebook e o seu canal no YouTube. Fiuza alegou que não recebeu notificação judicial. Não foi divulgado o motivo para a derrubada das contas. No entanto, vários perfis têm sido suspensos a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, por participação em atos golpistas e veiculação de fake news.

Em outubro, Fiuza foi demitido da Jovem Pan News. A saída aconteceu na sequência da demissão de Augusto Nunes, outro simpatizante e Bolsonaro. Fiuza e Augusto Nunes faziam parte do principal programa da rádio, “Os Pingos nos Is”. As demissões aconteceram na sequência da vitória de Lula nas eleições.

Fiuza é uma das figuras mais abjetas da internet brasileira. Negacionista da vacina, vive de babar mentiras, ódio, invencionices rasteiras e teorias da conspiração para um público de néscios. Em matéria de falta de caráter, só é comparável a seu cupincha e mentor Augusto Nunes.

Na semana passada, o Twitter já havia bloqueados as contas dos fascistas Paulo Figueiredo e Rodrigo Constantino.

Participe de nosso grupo no WhatsApp, clique neste link
Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link