Bolsonaro e Brasil não são assunto para Trump, revela livro de Bolton. Por Kennedy Alencar

Bolsonaro e Trump.
(Brendan Smialowski/AFP)

Publicado originalmente no Blog do autor:

Por Kennedy Alencar

O livro de John Bolton, ex-assessor de Segurança Nacional do presidente Donald Trump, mostra que o Brasil e o presidente Jair Bolsonaro não são assunto importante para os Estados Unidos.

Na obra, intitulada “Na Sala Onde Aconteceu”, Bolton relata os 17 meses ao lado de Trump. O Brasil é citado 13 vezes no livro. Bolsonaro, apenas 3. Nos relatos de Bolton, não há importância do Brasil para a política externa americana.

A Venezuela mereceu 347 citações – 26 vezes mais do que o Brasil. Nicolas Maduro teve 196 menções – 65 vezes mais do que o Bolsonaro.

A China foi citada 365 vezes – 28 vezes mais do que o Brasil. O presidente Xi Jinping foi 30 vezes mais lembrado do que Bolsonaro. O chinês recebeu 90 citações.

Basta fazer uma busca no livro de Bolton para ver que a parceria estratégica entre o Brasil e os Estados é uma mentira vendida pelo despreparado Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores. A subserviência de Bolsonaro a Trump não atende aos interesses do Brasil.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!