“Bolsonaro fracassou em obter vacinas e catástrofe brasileira ameaça mundo”, diz TV britânica

“A catástrofe brasileira da Covid-19 ameaça o mundo enquanto a nova variante se espalha”, diz a televisão britânica Channel 4 em reportagem desta terça-feira.

“Quase todas as UTIs no Brasil estão saturadas ou já ultrapassaram o limite. Indivíduos lutam contra uma catástrofe nacional, que potencialmente ameaça o mundo”, relata a correspondente no Brasil. “Lágrimas de luto são cada vez mais comuns”.

“Apenas 8% da população recebeu uma dose da vacina porque o governo fracassou em obter o suficiente”, afirma.

“Os epidemiologistas dizem que a vacinação é a única saída para a nova variante. Em parte, porque o presidente Jair Bolsonaro brincou que aqueles que se vacinassem se transformariam em crocodilo”, lembra.

“Bolsonaro se recusa a ordenar um confinamento nacional porque ele disse que quer proteger a economia. Mas suas politicas não protegeram os brasileiros nem da pobreza, nem do vírus”.

“A nova variante P.1 está assolando o Brasil e, se o governo brasileiro não agir agora, novas variantes podem surgir”.

TV britânica Channel 4 fala em ameaça mundial provocada pela catastrofe brasileira da Covid-19

Na França, diferentes veículos de imprensa constatam o mesmo desastre.

“O combate contra a Covid-19 é cada vez mais caótico no Brasil”, diz o canal TV5 Monde em reportagem desta quarta-feira.

“O Brasil combate o coronavírus na maior confusão, com um leque de medidas contraditórias para as escolas, as igrejas ou o restaurantes, mal explicadas e submetidas ao vai-e-vem das decisões judiciais”.

“A confusão reina enquanto o gigante sul-americano é atingido em cheio pela pandemia: o número de mortos ultrapassou terça-feira a barra de 4 mil pela primeira vez, com 4.195 mortos”.

Sob as imagens de murais acusando Bolsonaro de genocídio, o canal France 24 observa a persistência do presidente brasileiro numa estratégia desastrosa.

“Para muitos, essa situação catastrófica foi amplamente provocada por um homem, Jair Bolsonaro. O presidente brasileiro, muito criticado por sua gestão da pandemia, persiste em criticar as decisões tomadas por determinados governadores, o que dá motivo para os brasileiros não respeitarem as medidas sanitárias”.

“Bolsonaro genocida”: recorde de mortos no Brasil, noticia o canal de TV France 24

Para o jornal Le Figaro, “a pandemia parece totalmente fora de controle no maior país da América Latina, onde funestos recordes sao batidos dia após dia há varias semanas”.

Para o britânico The Guardian, só o fim do governo Bolsonaro parece ser uma solução para acabar com as crises sanitária e ambiental que vive o Brasil.

“O prospecto do extremista de direita Jair Bolsonaro se tornar presidente do Brasil sempre foi assustador. O pesadelo se tornou ainda pior na realidade. Ele não só usou uma lei da ditadura para perseguir críticos e impulsionar o desmatamento na Amazônia ao nível mais alto em 12 anos, como também permitiu ao coronavírus um crescimento sem limites, atacando as restrições de circulação, uso de máscara e vacinas”.

“A saída de Bolsonaro seria no entanto bem-vinda, para o bem do Brasil e o resto do planeta”, propõe.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!