Bolsonaro inaugura obras fake em Alagoas: “A água dela só deu para dar banho nele”, diz morador

Bolsonaro quase afoga criança em obra fake. Foto: Reprodução

Publicado originalmente na Rede Brasil Atual:

Por Rodrigo Gomes

O presidente da República, Jair Bolsonaro, inaugurou obras inacabadas de uma adutora de água no distrito de Piau, na cidade de Piranhas, em Alagoas, no último dia 5. Acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e da prefeita da cidade, Maristela Sena Dias (PP), Bolsonaro posou para fotos e deu banho em uma criança na água que jorrava da adutora – mas que na verdade pertencia à rede antiga. A população de Piau segue sem água nas torneiras e se diz enganada pelo presidente.

“Até agora, uma gota de água na nossa cisterna não caiu. Essa inauguração só foi enganação para a população aqui do Piau”, diz um morador, em vídeo divulgado nas redes sociais do jornalista Guga Noblat, que divulgou a história.

“Muitos não sabem a satisfação e a alegria que é ter água tratada na residência, quando abre a torneira. A água permite que a sua família tenha saúde. O mais importante é servir a população e é por isso que o dinheiro pago pelos impostos tem sido investido de volta para ela”, disse o ministro Marinho.

Não foi exatamente o que sentiu a população de Piau. “A inauguração ontem (das obras inacabadas), de Maristela mais Bolsonaro. Cadê a água dela? Olha aqui, zero. A água dela só deu para dar banho no Bolsonaro”, diz outro morador, no vídeo, mostrando a torneira seca.

Sem a chegada da água, a população de Piau se vira como pode, buscando água em baldes, com burros de carga ou comprando garrafões. “O povo tudo se acabando de sede e procurando água. Aí a prova vai ser essa, como disseram que pode pegar na ribeira, para não morrer de sede, só for buscar lá. Se for para beber, aí por essa adutora acho que não vai chegar não”, diz outra moradora, no vídeo.

A rede que Bolsonaro utilizou para dar banho em crianças na inauguração das obras inacabadas, faz parte de outro sistema, que vem da cidade vizinha, Delmiro Gouveia. Esse sistema tem muitos problemas e a população chega a ficar 15 dias sem água. E, mesmo quando tem, não chega nas casas. Por isso a nova adutora era muito esperada pelos 10 mil moradores de Piau. A participação do presidente na inauguração fake foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

Segundo informações da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) , o custo da obra é de R$ 13 milhões e ela deveria estar pronta em 20 de outubro, mas ainda pode levar de 45 a 60 dias para ser concluída. A prefeita de Piranhas, que Bolsonaro tentou beneficiar com a inauguração das obras inacabadas, é investigada pelo Tribunal de Contas de Alagoas por gastos suspeitos com locação de veículos, combustível, material gráfico, remuneração dos agentes políticos e contratação de advogados.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!