Bolsonaro nos fez perigosos, que nem os americanos querem em seu território. Por Fernando Brito

Donald Trump e Jair Bolsonaro

PUBLICADO NO TIJOLAÇO

POR FERNANDO BRITO

Nenhuma surpresa na decisão dos EUA em proibir a entrada de cidadãos brasileiros ou que tenham passado pelo Brasil em território norte-americano.

Claro que não faltam razões sanitárias, agora que chegamos à desonrosa posição de segundo maior foco da pandemia do novo coronavírus do planeta, mas salta aos olhos que a situação de suporte político de Donald Trump a Jair Bolsonaro já não é a mesma.

A redução de viagens de brasileiros aos EUA já era extrema: menos de 150 vistos e apenas dois voos diários do nosso país para lá e a medida, por isso, tem mais significado político do que prático.

E, sob este aspecto, o isolamento do Brasil vai além do novo coronavírus. Viramos um pária que não tem respeito em parte alguma e, ameaçados de entrarmos numa ditadura aberta, é improvável que venhamos a ter.

O nosso país é, hoje, um perigo para a democracia.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!