Bolsonaro vai ordenar a Mandetta, mais um pau mandado, que adote isolamento vertical. Por Kiko Nogueira

Em sua palhaçada matinal nesta quarta, 25, Bolsonaro anunciou que vai mandar seu ministro da Saúde adotar o “isolamento vertical” — ou seja, apenas para o grupo de risco.

“Conversei por alto com o Mandetta ontem (terça-feira). Hoje vamos definir essa situação. Tem que ser, não tem outra alternativa”, disse ele ao deixar o Palácio da Alvorada.

“A orientação vai ser vertical daqui para frente. Eu vou conversar com ele e tomar a decisão”

Voltou a acusar “histeria” e “comoção” com o coronavírus. Insistiu no “caos”.

Atacou governadores que “só fazem política”, como se ele fizesse outra coisa.

“É preciso botar povo para trabalhar e preservar idosos”, afirmou.

“Nós temos que tomar decisões neste momento difícil. Não sou eu que vou procurar a mídia e ter um discurso de calamidade, de histeria, como se eu fosse o pai de todos os brasileiros. Eu sou pai, entre aspas, para conduzir o destino do Brasil.”

Mandetta foi saudado como exemplo de competência por parte da imprensa, especialmente depois que Elio Gaspari fez sua elegia, chamando-o de “êxito” e “bem sucedido”. 

Na verdade, é mais um pau mandado. Na terça, após reunião com Bolsonaro, saiu criticando governadores, em coro com o líder.

“Travamento do país é péssimo para a saúde”, falou.

Bolsonaro quer mostrar quem manda na porra toda. Vai na contramão do mundo. Nem Trump foi tão longe.

Especialistas criticam o tal isolamento vertical. Bolsonaro se convenceu de vez após um vídeo de um sujeito no Japão (assista no pé deste artigo).

Esqueceu que a Olimpíada de Tóquio foi cancelada.

Agora vai fazer Mandetta engolir o sapo e o funcionário o fará não porque seja a opção mais correta para o país, mas porque perde o emprego caso não tope.

Mandetta só sai se for mandado embora. Não se importa em ser subjugado.

Vamos aguardar a autocrítica do Elio e seus eliominions na mídia.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!