Brasil de Fato repudia violência contra profissionais da comunicação em ato pró-governo em Curitiba

Protesto bolsonarista em Curitiba. Foto: Eduardo Matysiak

Publicado originalmente na fanpage de Facebook do site Brasil de Fato

A fotógrafa Giorgia Prates, que além de colaborar com o Brasil de Fato Paraná, realiza coberturas para outros veículos, foi agredida fisicamente e verbalmente hoje no ato pró governo, na Praça Santos Andrade, local onde se realizava a manifestação.

Ela foi impedida de continuar seu trabalho, sendo perseguida por manifestantes e atacada por um deles.

Repudiamos qualquer tipo de violência e desrespeito aos profissionais que tem como objetivo divulgar fatos jornalísticos.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!