Bruna Marquezine proíbe Neymar de apoiar Bolsonaro publicamente

Eles

Do TV Foco

A atriz Bruna Marquezine se envolveu em uma recente polêmica política. Ela havia insinuado que o seu namorado, Neymar, teria apoiado Jair Bolsonaro nas eleições do último domingo (7), no entanto, o fez manter o voto sob sigilo, sem levantar nenhuma bandeira.

Enquanto ela publicou o seu apoio a Ciro Gomes e aderiu à campanha do #EleNão, toda a família de Neymar, assim como vários jogadores de futebol, demonstraram apoio ao candidato do PSL. Neymar, por sua vez, fez questão de “obedecer” a amada e não se posicionar oficialmente.

Ao UOL, uma pessoa próxima do jogador revelou que a sua família teria influenciado a sua posição, mas Marquezine o convenceu a se manter em silêncio. “Neymar ficou entre a cruz e a espada. A sorte é que os dois não são tão radicais e respeitam as opiniões e as escolhas de cada um”, disse a pessoa.

(…)

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!