Caminhoneiros acusam agronegócio de forçar lockout para Bolsonaro não criar estoques reguladores e bancar exportações

Imagens de caminhões parados em Três Cachoeiras, no Rio Grande do Sul
Ninguém sabe quem mandou os caminhões pararem em Três Cachoeiras

Cortado pela rodovia BR-101, que liga São Paulo a Porto Alegre, Três Cachoeiras é um pequeno município situado ao norte do Rio Grande do Sul, próximo a Santa Catarina.

É conhecido como a ‘terra dos caminhoneiros’. Reza a lenda que a cidade, com pouco mais de 10 mil habitantes, já chegou a ter mais caminhões que gente.

LEIA mais:

1. Discursos divergentes dentro do agronegócio são “jogo para a plateia”, diz pesquisador

2. Barroso rebate Bolsonaro em discurso sobre atos golpistas: “Conhecereis a mentira, e a mentira te aprisionará”

Três Cachoeiras teve papel decisivo na greve que ajudou a desestabilizar o governo Dilma e, na sequência, no lockout que apavorou o país durante o governo Temer.

Na madrugada desta quinta, 9, a cidade parou.

Motoristas estacionaram suas carretas na BR-101 e os demais foram orientados a fazer o mesmo. Com um detalhe: a paralisação surgiu sem uma liderança específica, ou seja, ninguém assumiu o comando de nada.

Profissionais experientes da região com os quais o DCM conversou têm opinião clara sobre o episódio: a paralisação foi ordenada por donos de transportadoras interessados em acirrar conflitos para ajudar Bolsonaro a bancar um golpe de Estado no país.

É o ‘Agro Pop’ agindo para garantir suas benesses.

A esse grupo interessa a política de exportação bancada por Bolsonaro. Eles também não querem a volta da política pública de estoques reguladores mantidas pelo governo.

Estoques reguladores são grandes quantidades mantidas pelo governo como forma de atuação no setor de alimentos para serem acionados quando ocorre uma alta muito grande nos preços praticados pelo mercado, evitando que eles aumentem demais.

Para os produtores, interessa manter o dólar alto, irrigando o caixa com as exportações, e falta de produtos para consumo interno, empurrando os preços para cima.

Por isso dão sustentação ao mandatário.

A paralisação desta madrugada em Três Cachoeiras não foi liderada por associações da categoria, tampouco por caminhoneiros independentes.

Na cidade, o que se diz é que veio ‘gente de fora’ e parou os caminhões na pista – os demais acabam estacionando também, mesmo sem um motivo aparente, por medo de represálias.

É o ‘Agro Pop’ ajudando a construir o novo Brasil. De mãos dadas com Bolsonaro.