Celso de Mello pode ter dado um aviso: antes de Deltan, o foco é suspeição de Moro. Por Moisés Mendes

Deltan Dallagnol Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão

Deltan Dallagnol escapou do julgamento no Conselho Nacional do Ministério Público, mas por enquanto.

Foi favorecido por decisões de Luiz Fux e Celso de Mello, meio que de surpresa.

Celso de Mello pode ter dado um aviso: está guardando munição para o grande ato, o voto que decretará a suspeição de Sergio Moro.

Dallagnol ficará para depois.

O Supremo arreda o caso Dallagnol para não dar duas bordoadas mortais na Lava-Jato.

O golpe de misericórdia que interessa agora é o que vai destruir Moro.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!