Champions League 2018/19: brasileiros que podem conquistar o título pela primeira vez

Photo by Ver en vivo En Directo

Introduzida em 1992, a UEFA Champions League (Ligas dos Campeões) é a sucessora da Copa dos Clubes Campeões Europeus, que foi disputada pela primeira vez em 1955 e teve o Real Madrid, da Espanha, como a primeira equipe campeã da competição.

Apesar da alteração do nome e de algumas modificações na estrutura do torneio europeu no início da década de 1990, a UEFA (União das Associações Europeias de Futebol), instituição responsável por organizar o futebol europeu, não deixou de considerar os títulos que foram conquistados entre 1955 e 1991.

Segundo o site Goal.com, de 1955 a 2018, 48 brasileiros já tiveram a honra de levantar o troféu mais importante de clubes em sete décadas de história. Na temporada passada, Marcelo e Casemiro, ambos do Real Madrid, tornaram-se os brasileiros com maior número de títulos de Liga dos Campeões. Juntos pelo clube merengue, eles venceram quatro finais (2014, 2016, 2017 e 2018).

Eliminados nas oitavas de final com o Real Madrid, Casemiro e Marcelo terão que esperar a próxima temporada para tentar aumentar a vantagem de títulos europeus sobre os demais brasileiros.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/e7/Real_Madrid_C.F._the_Winner_Of_The_Champions_League_in_2018_%281%29.jpg
Photo by Антон Зайцев

 

Número de brasileiros que estão na disputa do título em 2019

https://live.staticflickr.com/7061/6896933019_c904df261b_b.jpg
Photo by Daniel

Com os confrontos da fase semifinal em andamento, entre Barcelona-ESP vs Liverpool-ING e Tottenham-ING vs Ajax-HOL, a atual edição da Liga dos Campeões começou com 70 brasileiros inscritos e dez ainda seguem com chances de conquistar o título. Desse grupo de dez atletas com nacionalidade brasileira, somente Rafinha Alcântara, do Barcelona, já foi campeão da competição.

Barcelona

Das quatro equipes vivas na disputa pelo título de clubes mais importante do continente europeu, o Barcelona, dos brasileiros Phillipe Coutinho, Arthur, Malcom e Rafinha, é o principal favorito a conquistar o troféu de campeão, segundo as casas de apostas esportivas.

Rafinha está lesionado e só retorna ao clube catalão na próxima temporada. No entanto, como participou da campanha do Barcelona na primeira fase da competição, ele receberá a medalha de campeão — em caso de título do time espanhol.

Coutinho, por sua vez, trocou o Liverpool pelo Barcelona em 2018 com a expectativa de ser campeão europeu pela primeira vez na carreira e enfrenta uma grande pressão no clube espanhol para ser um dos destaques da equipe nessa reta final, pois foi contratado a peso de ouro e foi um dos titulares da seleção brasileira na última Copa do Mundo.

Ajax

As apostas na Liga dos Campeões atraem grande público em todos os continentes, principalmente na reta final do torneio. Enquanto o Barcelona lidera a lista de favoritos, o principal azarão é o Ajax, que já eliminou gigantes como Real Madrid e Juventus no caminho até a semifinal.

David Neres, único brasileiro no atual elenco do Ajax, é considerado por muitos como o grande destaque da surpreendente campanha da equipe holandesa. Por mais que o Ajax tem bela história no futebol holandês e europeu, a equipe não tem o mesmo poderio financeiro dos outros semifinalistas.

Muito valorizado no mercado por contas das ótimas atuações na Liga do Campeões, Neres é cotado para defender outros clubes na próxima temporada. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Paris Saint-Germain, Liverpool e Borussia Dortmund estariam na disputa pela contratação do jogador brasileiro.

Liverpool

Segundo favorito a ficar com o título, o Liverpool conta os brasileiros Roberto Firmino, Fabinho e Alisson no elenco. Os três são muito importantes para o time e contam grande admiração de Jürgen Klopp, treinador do time inglês.

Presente em todos jogos campanha do Liverpool na Liga dos Campeões e titular da seleção brasileira, o goleiro Alisson é uma das estrelas da equipe e foi contratado pelo time inglês como o jogador mais caro da sua posição em toda a história. Na última semana de abril, ele alcançou a marca de 20 jogos sem sofrer gol no campeonato inglês e é uma peça fundamental no elenco dos Reds.

“É muito gratificante porque o Liverpool já teve vários excelentes goleiros ao longo dos anos e estou conseguindo marcar o meu nome na história do clube”, destacou o goleiro em entrevista para a imprensa inglesa.

Tottenham

O Tottenham está somente à frente do Ajax na lista dos favoritos ao título da Liga das Campeões e foi responsável por eliminar o Manchester City nas quartas de final. Treinado por Pep Guardiola e com elenco recheado de estrelas, o City era temido por muitos rivais na competição.

O brasileiro Lucas Moura foi titular do time inglês nas últimas partidas do time e teve ótimas exibições nos dois jogos contra o City na fase anterior. Com a recente lesão de Harry Kane, artilheiro do Tottenham e que muito provavelmente retornará ao time somente na próxima temporada, o brasileiro ganhou mais liberdade para atacar no esquema de Mauricio Pochettino (treinador do Tottenham).

“Estou escrevendo uma nova história na Inglaterra e espero seguir ajudando o time da melhor maneira possível”, disse Lucas logo após a classificação do Tottenham sobre o Manchester City na Liga dos Campeões.