“Chega de passar pano pra bunda mole”: bolsonaristas se revoltam com arregada do mito para Alexandre de Moraes

“Foi no calor do momento, Xandão, porra!”

O bolsonarismo está em depressão profunda após a arregada de Bolsonaro para o STF nesta quinta com um “manifesto” de “pacificação” redigido, supostamente, por Michel Temer.

Após desafiar Alexandre de Moraes, dizer que não obedeceria ordens judiciais, relinchar que era o fodão do bairro Peixoto, o presidente alegou que estava de cabeça quente.

“Minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento”, alega o vagabundo.

O Facebook de Carla Zambelli dá a temperatura da decepção entre o gado. A própria deputada, aliás, tem todas as razões do mundo para estar, neste momento, com medo de ir em cana.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!