Colegas de trabalho reclamam das grosserias gratuitas de Galvão Bueno na cobertura da Copa do Mundo

Segundo informação da TV Foco, o nome mais badalado do time de profissionais da Globo que foram enviados para realizar a cobertura da Copa do Mundo na Rússia, Galvão Bueno está sendo alvo de reclamações.

De acordo com informações da coluna Radar Online da revista Veja, funcionários da emissora que trabalham com Galvão na Rússia estão cansados das grosserias gratuitas do narrador, o principal nome das transmissões do canal na Copa do Mundo.

Na Rússia, Galvão Bueno já se envolveu em casos que repercutiram. Na primeira vez, o narrador se alterou durante uma viagem de trem e discutiu com alguns funcionários de uma companhia. Já na última semana, ele apareceu curtindo uma rave em Moscou depois de ganhar folga em um dia que não houveram jogos.

Além de Galvão, a Globo enviou mais 200 funcionários para realizar a cobertura da Copa do Mundo na Rússia. Ao todo, contando com profissionais aqui no Brasil, são mais de 400 pessoas envolvidas nas transmissões da emissora, do SporTV e do portal do canal na internet.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!