Com Biden no poder, Eduardo Bolsonaro tira foto de Trump do Twitter, que prometeu usar “permanentemente”

O boné do mané

Ah, a coragem patriótica dos Bolsonaros.

No dia 10, quando Donald Trump foi banido do Twitter por incitar os ataques ao Capitólio e por uma enxurrada de fake news, Eduardo Bolsonaro ficou tiririca.

“Após uma análise detalhada dos recentes atos autoritários do Twitter e do contexto em torno deles – especificamente como estão sendo recebidos e interpretados dentro e fora do Twitter – vou usar uma imagem do Trump permanentemente, devido ao risco de mais incitamento à violência”, escreveu.

O Twitter de Eduardo Bolsonaro com a foto de Trump

“Permanentemente” durou menos que o casamento de Ronaldo Fenômeno com .

Pouco antes de Joe Biden tomar posse, Dudu já trocou a foto de perfil e esqueceu as juras de amor ao delinquente cujo saco foi lamber.

E pensar que essa besta é presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

É assim a turma vai tentar sobreviver a partir de agora, quando muda o patrão por lá: não conheço, nunca vi mais gordo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!