Com mais de 300 mil infectados pela covid na semana, Brasil volta ao pior nível da crise

Publicado originalmente no Brasil de Fato

Por Nara Lacerda

Cemitério de Manaus já enterra vítimas do coronavírus em valas. Foto: Reprodução/Twitter

Com o registro total de contaminados pela covid-19 crescendo sem parar há seis semanas, o Brasil voltou a confirmar mais de 300 mil novos pacientes em sete dias. O país só havia superado a marca de 300 mil em quatro ocasiões no mês de julho, quando o número de confirmações da covid-19 chegou aos piores patamares já observados em solo nacional.

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o total de novos doentes na semana que terminou nesse sábado (12), chegou a 302.950. O número pode ser ainda mais expressivo, já que estão faltando os dados mais recentes de Goiás por questões técnicas. Com isso, a média móvel de contaminados (soma de todos os casos dos últimos sete dias, dividida por sete) se mantém acima de 43 mil. É o pior nível em quatro meses.

O número de óbitos causados pela covid-19 no Brasil também vem crescendo em velocidade maior há um mês. Entre 06/12 e 12/12, o coronavírus custou a vida de 4.495 mil pessoas no país. Desde o fim de setembro o cenário não chegava a esses patamares. Atualmente, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde, há mais de 720 mil pacientes em acompanhamento, o que não era registrado desde agosto.

Neste domingo, foram confirmados mais 21.825 novos casos da covid-19 no Brasil. A soma de pessoas que foram infectadas desde o registro do primeiro caso é de 6.901.952. O número de mortes chegou a 181.402. Em 24 horas foram relatados 279 óbitos.

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS). A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de “novo coronavírus”.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Daniel Lamir

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!