Coronavírus: comitiva de Bolsonaro é responsável por mais da metade dos casos no DF. Por Kiko Nogueira

Bolsonaro cumprimenta manifestantes durante o ato em Brasília (Foto: Sergio Lima / AFP)

Bolsonaro tem coronavírus e está escondendo?

O sujeito fez testes no dia 12 e no dia 17 e contou nas redes que ambos deram negativo.

Não mostrou, no entanto, nenhuma comprovação oficial — ao contrário de Trump, por exemplo, que divulgou documento assinado por seu médico.

A comitiva que foi aos EUA para um jantar com o presidente dos EUA tem, até agora, 22 infectados.

O mais recente é Filipe G. Martins, assessor olavista cosplay de templário.

No total, o DF registra 42 casos. Ou seja, mais da metade dos doentes vem do Planalto.

O número também é mais alto do que o que se verifica em 18 estados do Brasil.

Bolsonaro é tóxico e a falta de transparência não ajuda.

Por que o cidadão não mostra o exame? Porque quer esconder o resultado, ora.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!