CPI de Brumadinho pede indiciamento de cúpula da Vale por rompimento de barragem

Foto: Reprodução/ Twitter

Publicado originalmente na Rede Brasil Atual:

O relatório final da CPI de Brumadinho, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), apresentado nesta quinta-feira (12), aponta que são 13 os responsáveis pelas centenas de mortes da tragédia de janeiro passado. Entre eles estão o ex-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, o ex-diretor-executivo, Peter Poppinga, e representantes da empresa alemã Tüv Süd.

A CPI sugere o indiciamento dos acusados por homicídio doloso eventual, quando se assume o risco das mortes. O rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, há oito meses, deixou 249 mortos e 21 desaparecidos, além do rastro de lama na cidade.

Para os deputados mineiros, a Vale assinou “atestado de óbito coletivo’, ao manter em frente a barragem, instalações como o refeitório da mina, que estava quase que totalmente ocupado no momento do rompimento. O documento com as conclusões da CPI será entregue, na próxima terça-feira (17), à mesa da ALMG. “Foi um crime, crime doloso, com dolo eventual, e cabe à CPI apresentar a sugestão de indiciamento”, disse o relator, André Quintão (PT).

Os executivos da Vale já foram alvo também de CPI realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília. Força-tarefa do Ministério Público e da Polícia Federal também investiga as causas e responsabilidades pelo rompimento da barragem.

O documento também lista 110 recomendações a poderes, órgãos e entidades para acompanhar os trabalhos de reparação e melhorar a segurança das barragens, entre outras. O relator ainda disse que vai propor ainda a revisão dos direitos da Vale para operar na área da tragédia, para que possa ser transformada em memorial. “A Vale priorizou o lucro, não as pessoas”, afirmou à Folha de S.Paulo.

Assista à reportagem do Seu Jornal, da TVT

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!