Daniel Cara: retorno às aulas presenciais aumentou o contágio na Argentina

Alberto Fernández em coletiva de imprensa. Foto: Reprodução

POR DANIEL CARA:

O presidente da Argentina, Sr. Alberto Fernández, anunciou que, embora queira o retorno das aulas presenciais, a circulação de pessoas causada pela reabertura de escolas resultou em aumento de contágios no país.

Disse também que, em Buenos Aires, o aumento do contágio ocorreu entre pessoas de 9 a 19 anos.

Ele declarou no Twitter (16/abril): “Todos quisiéramos que se vuelva a la presencialidad educativa lo antes posible, pero desde que las clases han vuelto, la curva de contagios ascendió precipitadamente. El mayor incremento de casos se da entre personas de 9 a 19 años”.

Enquanto isso, no Brasil, 307 deputados/as federais votaram SIM pela urgência do PL 5595/2020, que determina a reabertura irresponsável das escolas e das universidades brasileiras, tornando a educação presencial “serviço ou atividade essencial”.

Lamentável.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!