Datafolha sobre Previdência confirma campanha de desinformação sobre o tema. Por Luís Felipe Miguel

Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: AFP / Sergio LIMA)

Publicado originalmente no perfil de Facebook do autor

POR LUIS FELIPE MIGUEL, cientista político

A manchete da Folha dá conta que o apoio à reforma da Previdência está crescendo.

Sem repisar as críticas epistemológicas que faço regularmente às sondagens de opinião, cabe perguntar: que apoio é esse?

A reportagem diz que “50% dos brasileiros com ensino fundamental e 45% dos que vivem em famílias com renda mensal de até dois salários mínimos dizem não ter tomado conhecimento da proposta”.

Ao todo, só 17% dos entrevistados se dizem “bem informados” sobre a proposta. Entre estes, a reportagem enfatiza, é maior o apoio à redução dos direitos previdenciários.

Deixando de lado o fato de que há uma correlação entre “mais informado” e “com maior renda”, seria necessário estudar de onde vem a informação que muitas destas pessoas julgam que têm.

Da agressiva e mentirosa campanha de propaganda do governo? Ou da escandalosamente enviesada cobertura da totalidade da mídia corporativa, incluída aí a própria Folha?

A disputa pela Previdência é um caso quase desinteressante, de tão óbvio, do uso da categoria “opinião pública” nas disputas políticas.

Primeiro, sufoca-se o debate e impõe-se uma leitura não apenas unilateral, mas efetivamente distorcida, da realidade. Depois, colhem-se respostas a um questionário e o resultado serve para dar um verniz “democrático” à posição antes imposta.

Nada disso é inesperado. Devemos pensar é por que o campo popular está sendo tão inefetivo em mobilizar suas próprias redes de informação e conquistar uma resistência ativa a um projeto tão danoso para a classe trabalhadora, para as populações pobres e para as mulheres – isto é, para a esmagadora maioria dos brasileiros.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!