DCM entrevista o governador Flávio Dino hoje a partir das 14 horas

Flávio Dino

Anote na sua agenda: DCM entrevista o governador do Maranhão, Flávio Dino, hoje a partir das 14 horas.

O Maranhão é um dos nove estados que compõem a Amazônia Legal, e o tema das queimadas tem mobilizado autoridades do estado. No sábado, os comandantes dos bombeiros se reuniram com representantes do Exército para discutir ações emergenciais. Dino também assinou carta dos governadores da Amazônia Legal que busca maior cooperação com o governo federal.

Este será um dos temas da entrevista.

Outro será o ataque que o governador recebeu de Jair Bolsonaro. Durante café da manhã com jornalistas, em 19 de julho, Bolsonaro comentou com o ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil. “Daqueles governadores de… ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”, disse Bolsonaro.

O governador do Maranhão chegou a dizer que denunciaria Bolsonaro à Procuradoria da República por racismo, em razão do ataque aos nordestinos, com o uso da expressão pejorativa “paraíba”.

Na ocasião, Dino afirmou:

“É uma declaração criminosa. Configura um crime, previsto na lei que trata de racismo. Ele não pode falar assim. O presidente da República, ao dizer algo desse tipo, está praticando e incentivando que outros pratiquem o crime de racismo. Se ele não se explicar, vamos tomar providências junto à PGR para apurar a atitude dele.”

Flávio Dino terminou seu primeiro mandato em 2018 como um dos governadores mais bem avaliados no Brasil. Foi reeleito no primeiro turno com quase 60% dos votos, o dobro da segunda colocada, Roseana Sarney.

Dino também é aprovado pela classe política. Pesquisa do Congresso em Foco mostrou que tem a melhor avaliação junto a deputados e senadores entre todos os governadores. De zero a 5, recebeu nota 3,6, muito à frente, por exemplo, de Ronaldo Caiado (2,7), João Doria (2,6), Romeu Zema (2,2) e Wilson Witzel (1,9).

Dino foi juiz federal, deputado e presidente da Embratur.

O público poderá participar da transmissão ao vivo e fazer perguntas, seja através do chat ou do superchat.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!