Delegado baleado pela namorada, que supostamente se matou, é bolsonarista e amigo de Eduardo Bolsonaro

O delegado Paulo Bilynskyj, que apareceu hoje baleado em seu apartamento, após uma discussão com a namorada – que supostamente se suicidou com um tiro no peito – é bolsonarista e já esteve com Eduardo Bolsonaro.

Paulo é uma estrela nas redes sociais, fazendo vídeos sobre armas e técnicas de tiro.

No hospital onde está interando, Bilynskyj gravou um vídeo afirmando que sua namorada, a modelo Priscila Delgado, de 27 anos, atirou seis vezes contra ele e depois se matou.

‘Ontem, Priscila, minha namorada, viu uma mensagem de antes de ela ir para minha casa. Hoje de manhã, quando eu saí do banho, ela deu seis tiros em mim. Depois, um tiro nela mesma.’, afirmou. A mensagem seria de outra mulher, segundo a história de Paulo.

Em suas redes sociais, notam-se mensagens de teor machista.

O caso é investigado pela Polícia.