Deputados moralistas nunca me enganaram. Por Jean Wyllys

Jean Wyllys

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR

A primeira turma do STF condenou aquele deputado que assiste filme pornô no plenário da Câmara, diz defender “a família e os bons costumes” e me ataca por defender os direitos humanos e as artes e os artistas desse país.

Este deputado, que votou a favor do golpe contra a presidenta eleita Dilma Rousseff e já me ameaçou quando eu critiquei suas falas defendendo a morte de “bandidos”, foi sentenciado a 5 anos e 3 meses de prisão em regime semiaberto por fraude e dispensa de licitação.

Deputados como ele, que se dizem “pessoas de bem” enquanto atacam os menos favorecidos e os direitos do povo, nunca me enganaram. Eu sempre bato de frente com esses hipócritas e, por isso, sou tão difamado e atacado dentro e fora do parlamento.

No começo do ano eu publiquei aqui que 2018 é o ano em que os injustos e os hipócritas pagarão caro por suas injustiças e que cairão envergonhados diante de tribunais reais ou simbólicos. Pois repito o que disse: o ano mal começou e o embate entre os justos e os injustos já está a todo vapor. E os justos triunfarão!

.x.x.x.x.

PS: O deputado em questão é João Rodrigues (PSD-SC).

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!