Diferentemente do 29 de maio, jornais dão capa para atos contra Bolsonaro do dia 19

A velha imprensa agiu de forma diferente neste domingo (20), um dia após o #19J contra o governo Bolsonaro e sua condução genocida na pandemia do novo coronavírus. A mídia não fingiu que não viu.

LEIA – Felipe Neto fala da omissão da imprensa: “vão acordar com um fuzil bolsonarista na cara”

Como fez nos protestos de 29 de maio em diferentes cidades do Brasil.

LEIA MAIS – Eliane Brum: “Capas do Globo e do Estadão são mais do que uma vergonha histórica”

A mídia deu a notícia na capa, com destaque, ao lado dos 500 mil mortos na pandemia do novo coronavírus.

A Folha de S.Paulo deu na manchete, com o devido destaque e foto.

O Estado de S. Paulo deu em uma chamada menor, abaixo de meio milhão de mortos, mas com destaque.

Essa movimentação na mídia impressa acontece após uma cobertura mais abrangente do Jornal Nacional, na TV Globo.

Veja abaixo a comparação entre as capas do dia 30 de maio e de 20 de junho.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!