Doente, José Mayer, denunciado por assédio, procura a Globo para voltar ao ar

José Mayer foi parar na geladeira da Globo após ter sido acusado de assédio sexual (Imagem: Divulgação / Globo)

O site RD1 informa que, afastado da TV desde o término de “A Lei do Amor”, em março do ano passado – após ser acusado de assédio por uma assistente de figurino –, José Mayer enfrenta uma forte depressão, segundo informações do jornalista Leo Dias. E vem buscando retomar a carreira, estabelecendo contato com Silvio de Abreu, diretor dos departamentos de teledramaturgia diária e semanal da Globo; a emissora, contudo, nega a tentativa de aproximação.

O ator não procurou o Silvio para nada. Se ele entrou em contato com outro autor, a gente já não sabe”, afirma o canal, em comunicado enviado a Dias. A Globo nega qualquer punição a Mayer, cujo contrato com a casa se estende até 2019. Mas não manteve sua escalação para “O Sétimo Guardião”, conforme fora requisitado pelo autor, Aguinaldo Silva; a trama estreia em novembro, às 21h.

Alvo da campanha contra o assédio “Mexeu com uma, mexeu com todas”, articulada pelas colegas de emissora, José teria sido visto recentemente, mais magro e abatido, em uma clínica de pneumologia, no Leblon, Rio de Janeiro. De acordo com Leo, o ator não sai mais de casa, exceto para as consultas médicas.