É uma grave desonestidade mentir no currículo acadêmico, como fez Decotelli. Por Afrânio Silva Jardim

Carlos Alberto Decotelli da Silva. Foto: Reprodução/Twitter

Publicado originalmente na fanpage de Facebook do autor

POR AFRÂNIO SILVA JARDIM, mestre e livre-docente em Direito pela UERJ

É UMA GRAVE DESONESTIDADE MENTIR NO CURRÍCULO ACADÊMICO.

Se não tinha aprovada a sua tese, por que o Ministro declarou em documento relevante que tinha o título acadêmico de doutor ???
Mentira e desonestidade. Falsidade documental !!! (artigo 299 do Código Penal ???)

Notem que ele chegou a colocar o título da sua “tese” e o nome do professor orientador. Entretanto, o texto do insólito ministro da educação sequer foi admitido para ser sustentado perante uma banca de professores. Foi reprovado liminarmente !!!

Agora, se plagiou na elaboração de sua dissertação, eu não sei; mas ele não nega a existência de textos alheios e copiados (sem consignar a fonte).

Acho que o sr. Decotelli não tem a mínima condição se exercer o relevante cargo de ministro da educação.

Com que “cara” vai se relacionar com os reitores das universidade públicas brasileiras ???

Está desmoralizado, pois praticou a maior desonestidade que pode ser praticada no mundo acadêmico. Ministro da Educação ???

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!