Eduardo Bolsonaro faz propaganda de medicamento fabricado por empresa da qual Trump é parceiro

Trump e o remédio à base de hidroxicloroquina da Sanofi

O deputado federal Eduardo Bolsonaro compartilhou em seu Twitter uma “reportagem” sobre a cloroquina, dando destaque para a caixa do Plaquénil.

Donald Trump possui uma participação financeira no fabricante, Sanofi, e um das maiores acionistas da organização é uma empresa gerida por Ken Fisher, grande doador do Partido Republicano e da campanha do presidente dos EUA.

É propaganda que chama?

São ordens de cima?

Segundo a publicação compartilhada pelo Zero Três, o laboratório francês anunciou nesta sexta, 10, que decidiu doar 100 milhões de doses de hidroxicloroquina para 50 países.

Bonito.

Eduardo ignora um documento distribuído pelo setor de Comunicação da Sanofi à imprensa e que está publicado no site da empresa.

“Houve um aumento de cobertura na mídia referente ao uso off label de hidroxicloroquina no tratamento do COVID-19 com base em resultados preliminares de estudos independentes de diferentes países e que a situação está levantando muitas perguntas de nossos diferentes interlocutores”, diz o texto.

Segue informando, em letras grandes e negrito, que “até o momento, não existem evidências clínicas suficientes para tirar conclusões sobre a eficácia ou segurança clínica da hidroxicloroquina (ou cloroquina) no tratamento do COVID-19. Os resultados preliminares de diferentes estudos independentes requerem análises adicionais e estudos clínicos mais robustos e amplos para avaliar o perfil de riscos e benefícios do Plaquinol® para o paciente com COVID-19″.

O restante do comunicado você pode ler aqui.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!